Política

Sexta, 14 de dezembro de 2018, às 07h01min / Daniel Biasoli

Proposta de solução para acabar com o problema da nossa

A idéia que se segue pode parecer completamente absurda e precisar de muitas emendas:

Que tal se mudássemos completamente o conceito de democracia, hoje definida como esmagamento do povo pelo próprio povo?

Como? A resposta é simples e definida com uma outra pergunta: ao invés das votações elaboradas para que vençam os melhores candidatos, porque não criar votações para que se excluam os piores?

Por exemplo: em uma votação para a presidência da república, ao invés de você votar em quem você gostaria que fosse presidente, você votaria em quem você jamais gostaria que fosse eleito, de jeito nenhum! Os mais rejeitados cairiam fora, antes do segundo turno.

Os menos votados iriam para segundo turno e, neste caso, aí sim a população iria votar em um presidente de consenso. Creio que este tipo de democracia seria o mais justo. Pasmem: mais da metade da população brasileira não queria nem o PT, nem o Bolsonaro!

Jorge Pozzobom é o prefeito de Santa Maria-RS. Ele se elegeu com praticamente um terço de aprovação da sua cidade. Luciano Buligon se elegeu em Chapecó-SC com mais de 60% dos votos válidos, mas possuía uma grande rejeição por boa parte da população que votou no PT. Tiririca foi reeleito deputado, além de Alexandre Frota, dentre outras figuras folclóricas, aparentemente sem a mínima condição de fazer um bom mandato.

Veja bem: se o meu novo sistema democrático funcionasse, você acha que bandido seria reeleito? E o Aécio que voltará para a câmara dos deputados?

Creio que na presidência da república nenhuma das figuras que foram ao segundo turno estariam sentadas no trono a partir do dia primeiro de janeiro. Nossas duas opções de segundo turno eram as mais odiadas, ao longo de todo 2018. Um tentaram matar e o outro queriam ver preso.

Que tal um presidente de maior aceitação? Que tal o voto por eliminação do pior?
Como seriam as propagandas dos candidatos? Ninguém iria roubar tanto para elaborar campanhas milionárias de publicidade! Quem iria querer sujar as ruas com santinhos patéticos? Poluição sonora e poluição visual nunca mais!

O mínimo que se deveria fazer seria exibir todos os candidatos em um horário político obrigatório, com os candidatos externando suas idéias, até porque nós precisaríamos saber em quem não votar.

Pense nessa idéia! Não seria uma boa?


Últimas notícias sobre "Política":

Não existem mais notícias relacionadas a Política.


« retornar